loader image

Barba Azul
— desde 2015 —

Zé Pedro e António Pedro Gaioso conhecem-se desde os 13 anos. A infância foi passada ora na casa de um, ora na casa do outro e também nos treinos de basquete ou nas ondas da Praia da Barra a praticar surf. Mesmo quando Zé foi para o Porto estudar Design enquanto Pedro permaneceu em Aveiro, no curso de Administração e Gestão, os dois amigos mantiveram sempre o contacto.

Pouco tempo depois de ter terminado os estudos, Zé envolveu-se com a arte de fazer sushi e depois de 2 anos à frente de um projecto, que começou por ser sushi ao domicílio e que culminou na abertura do seu primeiro restaurante. Posteriormente, decidiu com o conhecimento e experiência desenvolvidos, partir numa nova aventura onde a criatividade, diversidade e personalidade em cada prato desenvolvido privilegiasse a proximidade com o cliente.

É no seguimento deste contexto que, com vontade de partilhar esta nova fase, convida o seu amigo de longa data, António para juntos viverem este novo projecto, o qual prontamente concordou em ajudar a materializar o conceito. A escolha para um espaço comercial recaiu sobre um local partilhado desde a infância: a Barra. Devido à sazonalidade desta zona de praia, alguns amigos e conhecidos alertaram-nos para a impraticabilidade do negócio. Tanto António como Zé sabiam, porém, que com dedicação e um serviço de qualidade seria possível singrar.

Com estas máximas inauguraram o Barba Azul a 25 de Junho de 2015, no nº 168 da Avenida Fernão de Magalhães, que tinha sido em tempos um restaurante. Inicialmente, o estabelecimento funcionou apenas na capacidade de take-away, mas com a grande afluência proporcionada pela época alta, o Barba Azul assumiu-se como o restaurante que originalmente tinha sido planeado, passadas apenas duas semanas. A dupla de empreendedores decidiu inclusivamente não encerrar as portas na época baixa. A razão era simples: não queriam que as pessoas perdessem o hábito de vir ao restaurante, o que se afigurou como uma escolha sábia, uma vez que hoje em dia a clientela fidelizada é já bastante numerosa e oriunda de várias zonas do distrito de Aveiro. Esse resultado era, de resto, o que os dois amigos sempre se propuseram a atingir: a criação de um espaço agradável e intimista, com um elevado standard de qualidade, que cativasse o cliente logo após a primeira tira de salmão.

O nome Barba Azul invoca um pirata que nos traz os espólios da nossa costa portuguesa e muitos deles chegam frescos mesmo ali, da praia da Barra. O sushi é um prato tipicamente um pouco mais caro do que os demais, mas também aqui Zé e António pensaram na acessibilidade, ao criar menus de almoço com base no menu Barba Azul.

Além da cor e textura das várias delícias que aqui se podem provar, Zé advoga o sabor genuíno e suave do peixe cru, assim como a variedade de preparações que convida à degustação. António remata referindo que é uma refeição leve e completa. De facto, a nossa cultura parece apreciar cada vez mais esta preparação original de peixe, rica em proteína, carboidratos, vitaminas, minerais e omega-3. As novas gerações mais apegadas à inovação vão arrastando os mais velhos e contribuem inclusivamente para a divulgação do estabelecimento nas redes sociais, através de entusiásticas fotos aos pratos coloridos. Até a rua, com boas opções de estacionamento e resguardada da nortada que muitas vezes bafeja a Barra, parece facilitar a paragem neste restaurante, onde o espaço acolhedor se presta a um atendimento personalizado e atento.
Dê um passeio à praia da Barra e deixe que a sua refeição o surpreenda no Barba Azul.  
Barba Azul

 

2019-07-24T11:40:10+00:00