Kinhas & Linhas
— desde 2016 —

Quem entra na Rua das Cardadeiras nº14, em Esgueira, é imediatamente saudado por um mar de cores e texturas, prateleiras carregadas de tecidos a metro, kilómetros de todos os tipos de linhas com todos os tipos de torções, baús de tesouro em que os cruzados são botões de infindáveis formas e feitios. A loja irradia com a força da criatividade, mas a presença mais energética na Kinhas e Linhas é mesmo Leonilde Linhares, a proprietária, que tem sempre um bom dia na ponta da língua e um sorriso nos lábios.

Para esta empreendedora, que trocou a administração e contabilidade pelas agulhas e novelos, não existe tarefa que seja impossível, seja essa tarefa descobrir a mais rara linha para um trabalho invulgar, ou perceber como se remata uma peça de maneira perfeita. Por vezes, a loja quase nem parece uma loja, porque as clientes trocam ideias com Leonilde sobre como fazer isto e aquilo, como se de grandes amigas se tratassem. Na verdade, em muitos casos, é precisamente isso que são. Leonilde sempre nutriu uma paixão pelo crochê, tricô, arraiolos, enfim, por qualquer atividade onde pudesse enfiar uma agulha, apreciando a par disso o fluir de conhecimento que a posição atrás do balcão lhe proporciona. Quando restam algumas dúvidas, há sempre a internet.

Apesar de não representar a maior parte do negócio, os arranjos de costura e a personalização de peças são, ainda assim, um dos serviços prestados. Por outro lado, a oferta da casa prima por ter artigos que não se encontram noutros estabelecimentos, de que são exemplos as exclusivas agulhas para feltragem. Para quem desconhece, esta é uma técnica de modelação que exige considerável dedicação e talento, algo facilmente constatável ao olhar para o moliceiro e anjinho em exposição. Na loja já foram efetuados diversos workshops. Presentemente, a falta de espaço não o permite, porém, Leonilde pretende voltar a reavivar esta área assim que possível.

A dinâmica da marca estende-se também fora das portas da loja. Em 2017, a Kinhas e Linhas participou em vários eventos, tais como o AgitÁgueda, o Troca o Par, a Festa da Abóbora e a Feira dos 17, em Vale Maior, fazendo jus à diversidade de valências da sua dinâmica proprietária. Em Aveiro, Leonilde é também a embaixadora dos Polvos de Amor, um projeto que, através de polvos feitos em crochet, pretende trazer um maior conforto e tranquilidade a bebés prematuros. Com a ajuda das Tricotadeiras de Aveiro, um grupo com que a Kinhas e Linhas mantém constante contacto, foram entregues 100 polvos a pais e mães de crianças em unidades de cuidados intensivos neonatais.

A loja foi energeticamente reformulada em 2016, por Leonilde, com a ajuda do seu braço direito, Ana Martins, ao focar um conceito que existia desde 2014. O nome é uma referência ao diminutivo de 'Marquinhas', nome carinhosamente atribuído a senhoras de nome 'Maria' em algumas partes do país. Claro que, a proprietária, eterna brincalhona, pode, por vezes, trocar as voltas a algumas clientes de longa data ao dizer 'Maluquinhas e Linhas, bom dia!'.
Este é o reflexo de alguém que se sente acolhida pela comunidade de Esgueira e que sabe acolher os seus clientes na mesma medida. Entre e sinta por si, a alegria do atendimento, à boa maneira portuguesa!  
Kinhas & Linhas

 

2018-12-03T17:50:06+00:00