Alma de Alecrim
— desde 2016 —

As nossas vidas são percursos na areia da praia, com passadas que vão sendo apagadas pelo vento. Porém, quando vivemos verdadeiramente, conquistamos o privilégio da memória, subjugamos a entropia e o desvanecimento. De caneta na mão, de objetiva focada num ponto, eternizamos acontecimentos na interminável história que somos nós. Todos nós. Hoje contamos a história de Filipa Sousa e Pedro Cerqueira, que decidiram lembrar as passadas na areia, ela de caneta na mão, ele de objetiva focada, e criar a Alma de Alecrim, um projeto de muitas vertentes que culmina na loja situada na Rua de Luís Cipriano, nº 25, em Aveiro.

Filipa trabalhou 15 anos na indústria alimentar, como responsável de qualidade. O stress e a repetitividade da sua função levou-a a procurar algo diferente. Pedro, oriundo do Porto, possuía em Gaia, uma empresa de impressão digital e outra de impressão têxtil. Acabaram por se encontrar numa tertúlia de fotografia e partilharam os seus muitos interesses comuns. O seu amor nasceu, assim como uma necessidade de dar a conhecer o que lhes enchia a alma: viajar. Criaram o blog Alma de Alecrim, que não só relatava essas viagens, como também deixava transparecer a filosofia de vida que os dois punham em prática: 'vida simples'. O blog é no fundo um registo fotográfico, acompanhado de textos que falam de locais, receitas, sonhos…

Os seguidores que foram conquistando impeliram-nos a dar uma faceta física ao seu projeto e a montar a loja. Além do conceito da simplicidade, que já vinha do seu blog, Filipa e Pedro quiseram ainda fazer algo diferente. A Alma de Alecrim oferece, portanto, produtos exclusivos e esforça-se por se manter assim. Se muitas lojas comercializam um determinado produto, não o vendem, se aparece algo original no mercado, agarram a oportunidade. Aliás, Filipa chega mesmo a trocar impressões com os donos de alguns negócios nas redondezas, para assegurar a exclusividade de produtos de cada casa.

Mas o que encontramos nas prateleiras da Alma Alecrim, afinal? Decoração para o lar, objetos para o dia-a-dia, têxteis, colares, blocos de esboços, enfim, coisas para tornar o seu dia mais feliz, mais colorido. Mas nem tudo aqui tem uma etiqueta. É que parte da vida simples que o casal advoga, passa por evitar o consumismo e para tal organizam uma série de workshops, em que a simples troca de conhecimento é o próprio pagamento. Desde workshops de aguarelas, passando por origamis, até à escrita criativa e colagens, já muito se ensinou e aprendeu no espaço. Para o futuro estão planeados workshops de encadernação portuguesa e japonesa, edições de workshops que foram um sucesso e muitas novidades. O Bookcrossing, uma iniciativa que permite a permuta grátis de livros, é ainda mais um aspeto deste modo de vida. Por fim a Alma de Alecrim conta ainda com alguns serviços, como: desenvolvimento de sites, logotipos, impressão de fotografias, sessões fotográficas outdoor para famílias, casais, ou simplesmente para os apaixonados, sempre descontraídas e naturais. Para os adeptos da compra digital, a marca tem também uma loja online.

O local onde a loja se encontra foge um pouco à celeuma do centro da cidade, mas isso não assusta o casal, muito pelo contrário, uma vez que Filipa e Pedro valorizam os clientes habituais e não quem apenas visita uma vez. Apesar de tudo, muitos dos clientes são turistas nórdicos que compreendem bem a filosofia da loja. Por outro lado, o lugar recatado proporciona alguns momentos relaxados, de que é exemplo um pai que simplesmente se deitou no chão da loja a brincar com o filho.

A escrita de Filipa é a Alma do projeto, ao passo que o Alecrim representa a energia de Pedro. Esta é uma sinergia que desabrochou numa loja que vale a pena visitar... e recordar.  
Alma de Alecrim

 

2018-11-19T15:12:33+00:00