NoMenu
— desde 2008 —

Chega a hora do jantar. Os sapatos estão arrumados e o banho tomado, a vontade de cozinhar, essa é pouca. Podia-se encomendar, mas são poucos os restaurantes que fazem entrega.

Este é um cenário comum para uma boa parte da população e é precisamente a este dilema a que o serviço 'noMenu' oferece resposta. O negócio veio até terras aveirenses pelas mãos de Marta Ferreira e Filipe Marçal, sendo que inicialmente esteve na Rua de Anadia e hoje se encontra na Rua Dr. Mário Sacramento, nº177, loja 46, onde beneficia de excelentes acessos e visibilidade, além de ter injetado vida no local onde se estabeleceu.
No entanto, antes de nos debruçarmos sobre a evolução do negócio, conheçamos melhor este casal de empreendedores. Ambos são originários de Coimbra e, até terem contacto com o noMenu, não tinham experiência substancial em restauração ou serviços similares. De facto, Filipe tinha apenas alguma experiência em hotelaria e Marta possuía agilidade a lidar com o público, visto trabalhar numa empresa de móveis, público esse deveras diferente do público que iriam servir. Tinham, porém, uma visão e decidiram pô-la em prática.

Acabaram por se mudar para Aveiro, por uma questão de comodidade. Além da comutação constante ser cansativa, pensavam também no futuro da seu filho pequenino e no tempo que dispenderiam em idas e voltas. O início do negócio foi, portanto, algo difícil, mas não impossível, até porque, nem Filipe nem Marta, são pessoas que baixam os braços. O público-alvo foi um pouco diferente do previsto. Acabaram por se aperceber, ao longo dos anos, que serviam todo o tipo de clientes, desde estudantes, até idosos com dificuldades de locomoção. Aliás, o noMenu conta já com clientes constantes, que encomendam refeições diariamente. Estabeleceram ainda protocolos com negócios locais, criando assim sinergias no tecido comercial aveirense.

Os estabelecimentos que trabalham com este serviço são escolhidos criteriosamente e são sempre referências na cidade, por forma a trazer à casa de cada cliente, a melhor gastronomia possível. Alguns deles são clientes que acompanham o percurso do noMenu desde o início e são já parceiros muito próximos, como é o caso da Pizzarte, que tem exclusividade de entregas com eles. O acondicionamento no transporte é cuidadosamente estudado, o que resulta em refeições que nada devem a um pedido feito no próprio restaurante. As entregas não se centram exclusivamente em restauração, podem ser complementadas com produtos comercializados diretamente pela loja, como são exemplos os gelados, as bebidas e o tabaco.

O serviço não se limita apenas às entregas. Oferece-se um atendimento personalizado que sugere pratos e sobremesas a quem o deseje, tarefa essa que não se afigura fácil, uma vez que trabalham com mais de 50 casas. Filipe encara a magnânime tarefa com uma calma invejável: 'gosto do que faço, sou como um empregado de mesa ao telefone!'

A loja começou com 100 pedidos por mês e hoje já conta com 2000, prova de que não existem obstáculos inultrapassáveis. Para Filipe e Marta a satisfação do cliente está ligada diretamente ao tempo de atendimento e toda a organização é efetuada com essa premissa em mente, desde a sondagem aos tempos de espera nos vários estabelecimentos, até aos telefonemas aos clientes, em caso de atraso. O projeto 'non-stop' que prevê horários das 11:30 às 22:30 (incluindo sábados, domingos e feriados) já está na calha e promete não deixar uma única barriga vazia em Aveiro. No panorama das novas tecnologias, estão a preparar uma APP e dispõem de site. São cada vez mais as encomendas efetuadas nesta plataforma, se bem que Filipe tem um fraquinho pela comunicação tradicional…

Terminamos esta história com uma curiosidade: apesar de lidarem com mais de 50 restaurantes, Filipe e Marta nunca sabem onde vão jantar. Se estiver no mesmo barco, ligue para o noMenu e abra as portas para toda a restauração aveirense.  
NoMenu

 

2018-06-05T11:32:52+00:00