Chá e bolachas
— desde 2014 —

CHA E BOLACHAS · AVEIRONOSSO

Para quem conhece bem o mercado Manuel Firmino, certamente se lembrará do talho Mostardinha e quiçá até da mercearia que por sua vez antecedia o talho. Os tempos mudaram, o mercado sofreu uma reestruturação e a nova harmonia do espaço constrói uma excelente ponte entre o comércio de outrora e as novas facetas da vida urbana: uma simbiose perfeita.

É nesta fusão de pedra e alumínio, nesta mescla de funcionalidade e decoração que encontramos o Chá e Bolachas, fundado a 14 de outubro de 2014, um espaço de personalidade leve e descontraída. Alguns clientes gostam de ler o seu livro, como que diluídos pelo preguiçoso sol das 4, outros trocam amenidades e brincadeiras com a dona, Ester Neves, mas todos se unem no seu amor às deliciosas tentações que presenteiam o balcão e montras deste simpático e cheiroso estabelecimento.
Ester é uma autodidata, fazendo valer as vantagens da actual sociedade de informação, e o saber-fazer dos seus avós paternos que eram padeiros artesanais. Juntamos a esta receita um pouco de influências internacionais e o resultado é deveras apetitoso: bolos, tartes, bolachas, empadas e saladas dos mais variados sabores e texturas.
O nome Chá e Bolachas é tão despreocupado quanto a atmosfera que se respira no seu interior. Ester começou por vender bolachas caseiras. “O que combina com bolachas? Chá!” O que não é despreocupado, contudo, é a atenção que Ester tem com os seus clientes: além de não usar açúcares refinados na confecção dos seus bolos, Ester também disponibiliza pastelaria e saladas consciente dos problemas de saúde que assolam uma boa parte da população, o que se traduz em receitas sem ovos, glutén, lactose ou outros ingredientes proibitivos, fazendo ainda a importante distinção entre intolerâncias, alergias e restrições.
Para quem não gosta ou não pode consumir açúcar de todo, a nossa simpática pasteleira confecciona ainda bolos com geleia de arroz e outros adoçantes naturais.
Enfim, Ester quase que por magia, consegue aliar o doce ao saudável.

Num pragmatismo que surge como uma lufada de ar fresco, no Chá e Bolachas – com toda a sua decoração e aprumo – não encontramos bolos decorativos, feitos quase exclusivamente de massapan ou massa de açúcar. As coberturas são feitas de vários ganaches, por exemplo. Afinal de contas “os bolos são para se comer”.
No futuro a ementa vai ser expandida para oferecer opções vegans mais abrangentes, começando por umas tostas que prometem!

O Chá e Bolachas é virtualmente uma casa fora de casa, mas atenção, assim como os irmãos se digladiam pelos bolinhos frescos feitos pela mãe, também os clientes fincam o pé por algumas iguarias. Que o diga Ester quando decidiu anunciar em plena voz “Scones a sair”. “Só o fiz uma vez” diz-nos com um sorriso nos lábios…

VISITE A LOJA

2017-11-19T15:02:44+00:00