Croissanteria Oita
— desde 1984 —

Anos 80, sinónimo de grandes mudanças, diz-se que foi a década em que tudo era possível, nasce o rock português, surge o pagamento por multibanco, Portugal entra na CEE e os centros comerciais crescem como cogumelos.

Aqui em Aveiro nasce o Oita, sim Oita, uma homenagem à pequena cidade japonesa nossa irmã. É no 1º andar do Oita que, em 1984 abre portas aquele que vai passar a ser o ponto de encontro de toda uma geração. A Croissanteria Oita confunde-se com a história do centro comercial fazendo parte integrante de todo um bulício que fervilhava na época pelas ruas da cidade. Ir ao Oita passou a fazer parte do dia a dia dos aveirenses e em pouco tempo era como se fizesse parte integrante das suas vidas, já  não dispensavam o croissant ao pequeno almoço, depois do cinema ou a meio de uma tarde de compras.

Fechou portas em 2000 e foram precisos 17 anos para que renascesse das cinzas a Croissanteria Oita que nas primeiras 24 horas da sua página de Facebook, viu serem-lhe atribuídos mais de 5000 “likes” o que perspetivava um reinício estrondoso e as expectativas de Anabela não se viram goradas.

“Só fazia sentido se fosse aqui”, foram as palavras de Anabela Brandão quando lhe perguntámos o porquê da sua escolha e o facto de querer manter as mesmas instalações. Agora de cara lavada e revigorada pelo sangue novo que lhe corre nas veias a Croissanteria Oita volta a espalhar magia e o cheiro de outrora invade a avenida e aquece o coração de quem por ali passa deixando no ar o convite a entrar e a perder-se no tempo e nas memórias.

VISITE A LOJA

2017-11-30T15:54:30+00:00